06 julho, 2013

Pra começo de conversa...

 
    Há muito tempo que eu vinha tentando criar um blog; faltava-me, entretanto, um pouco de disposição, e mesmo de conhecimento da área. E, é claro, eu ainda não tivera a grande ideia, aquela que realmente me motivaria a iniciar esse projeto.
    Recentemente comecei a trabalhar em dois grandes blogs: o Leitor Compulsivo e o Vendedor de Livros, trabalhando principalmente como resenhista. Pude então ter uma ideia de como funciona esse universo blogueiro e, finalmente, me senti encorajado a dar o meu primeiro passo. Além disso, em uma noite de insônia, consegui conceber um projeto, que se é bom ou ruim eu nem imagino. O que eu sei é que, se não fosse ele, o Peças de Oito não estava nascendo aqui agora.
    Trata-se do A Verdadeira História; é bem simples, na verdade. Já imaginou quantos quadros, pinturas, fotografias existem nesse mundo? Você nunca se perguntou quem realmente era Mona LisaO Pensador, de Rodin? E quem é aquele homem barbudo e nu que todo mundo chama de Vitruviano? Trata-se, é claro, de conjecturas fantásticas e imaginárias, que no fim poderiam render uma bom causo pra boi dormir...
    É isso mesmo. Vou dar aqui a minha versão de quem realmente eram e o que aconteceu com essas pessoas. Não é mudar a História, é imaginá-la de forma diferente... Coisa de louco mesmo, Heehehe. 
    Quanto ao título do blog, essa é minha homenagem às boas e velhas histórias de piratas, à Robert Louis Stevenson e seu eterno espírito aventureiro... E, é claro, ao Capitão Jack Sparrow, um dos personagens mais carismáticos do cinema de todos os tempos... Yo-ho-ho, e uma garrafa de rum!

Nenhum comentário:

Postar um comentário