23 julho, 2013

Perfil: Jane Austen

    Jane Austen é uma das escritoras mais populares da atualidade.
    Mas, peraí... ela não tá morta há quase duzentos anos?
   Sim; a inglesa nasceu em 1775 e morreu em 1817. Então, deixa eu corrigir: Jane Austen é uma das escritoras mais populares de todos os tempos.
   Mesmo assim, convenci ela a fazer uma visitinha no quadro Perfil de hoje; fica com medo não, quem veio foi o espírito literário dela, hehe.


    Pra começar, ela era filha do reverendo George Austen e de Cassandra Leigh; foi a segunda mulher dentro de sete irmãos. Aos oito anos, ela e sua irmã Cassandra foram enviadas para um internato, onde recebeu educação; quando voltou do colégio interno, pôde ter acesso à biblioteca da família.

    Aos dezenove anos, a autora terminou seu primeiro livro, Lady Susan. Em 1797, já tinha concluído dois romances: Razão e Sensibilidade e Orgulho e Preconceito. Quando o pai dela os ofereceu à uma editora, foram rejeitados; a publicação só veio a acontecer em 1811 e 1813, respectivamente,  sendo assinados pelo codinome "uma senhora".

    A principal característica dos romances dela é a busca da mulher pelo casamento. Os seus livros são marcados pela ironia ao retratar alguns personagens; por mais que sua obra possa parecer simples e inocente, percebe-se nas entrelinhas uma critica à sociedade e aos seus costumes.

    Jane Austen nunca se casou, mas acredita-se que ela teve vários namorados durante sua vida. Morreu em 1817, aos 42 anos, vítima do mal de Addison, deixando inacabado o romance Sanditon.

     Vamos conhecer um pouco da obra dessa autora?

Orgulho e Preconceito (1813)


Na Inglaterra do final do século XVIII, as possibilidades de ascensão social eram limitadas para uma mulher sem dote. Elizabeth Bennet, de vinte anos, uma das cinco filhas de um espirituoso, mas imprudente senhor, no entanto, é um novo tipo de heroína, que não precisará de estereótipos femininos para conquistar o nobre Fitzwilliam Darcy e defender suas posições com perfeita lucidez de uma filósofa liberal da província. Lizzy é uma espécie de Cinderela esclarecida, iluminista, protofeminista. Neste livro, Jane Austen faz também uma crítica à futilidade das mulheres na voz dessa admirável heroína — recompensada, ao final, com uma felicidade que não lhe parecia possível na classe em que nasceu.






Razão e Sensibilidade (1811)





Este romance concentra sua narrativa nas idílicas tramas de amor e desilusão em que duas belas irmãs inglesas se envolvem - Elinor e Marianne Dashwood - quando chega a idade do casamento. À procura do amor verdadeiro, as filhas órfãs de uma família pertencente à pequena nobreza enfrentam o mundo repleto de interesses e intrigas da alta aristocracia. Marianne e Elinor representam polos opostos do universo ético de Austen - enquanto Marianne é romântica, musical e dada a rompantes de espontaneidade, Elinor é a encarnação da prudência e do decoro. 





Mansfield Park (1814)


A tímida Fanny Price vive desde criança com parentes ricos em Mansfield Park, uma bela propriedade no interior da Inglaterra. Com o tempo, aproxima-se de Edmund, único entre seus primos que compartilha sua paixão pelos livros. A chegada dos irmãos Henry e Mary Crawford à vizinhança encanta todos os habitantes de Mansfield Park – exceto Fanny, a única capaz de perceber a imoralidade dos recém-chegados. Dotada de uma fantástica ironia e uma incrível capacidade de observação, Jane Austen retrata a sociedade inglesa do início do século XIX. Com sua trama repleta de conflitos sentimentais e personagens frívolas, sonhadoras e ambiciosas, este romance destaca o triunfo da verdadeira virtude sobre as aparências. Esta edição de bolso teve tradução de Mariana Menezes Neumann.





Emma (1816)




Emma Woodhouse, uma jovem bonita, inteligente e encantadora, está decidida a jamais se casar. Ela já possui toda a fortuna e a independência de que precisa e sente-se perfeitamente satisfeita com sua situação, o que não a impede de se divertir planejando casamentos entre as pessoas que a cercam. Ao conhecer Harriet Smith, uma moça de status social mais baixo, Emma decide ajudá-la a encontrar um pretendente que seja um verdadeiro cavalheiro. Porém, a jovem descobre que interferir demasiadamente na vida dos outros pode por em risco a própria felicidade. Para garanti- la, Emma deve superar seus preconceitos e compreender melhor o que se passa em seu coração. Marcado pela inigualável ironia de Jane Austen e repleto de diálogos geniais, Emma é um retrato vívido da situação das mulheres na Inglaterra do início do século XIX.



Persuasão (1818)


O enredo deste empolgante livro gira em torno dos amores de Anne Elliot que se apaixonara pelo pobre, mas ambicioso jovem oficial da marinha, capitão Frederick Wentworth. A família de Anne não concorda com essa relação e a convence romper seu relacionamento amoroso. Anos após Anne reencontra Frederick, agora cortejando sua amiga e vizinha, Louisa Musgrove. "Persuasão" é amplamente apreciado como uma simpática história de amor, de trama simples e bem elaborada, e exemplifica o estilo de narrativa irônica de Jane Austen, sendo original por diversos motivos, entre eles, pelo fato de ser uma das poucas histórias da escritora que não apresenta a heroína em plena juventude. O romance também é um apanágio ao homem de iniciativa, através do personagem do capitão Frederick Wentworth que parte de uma origem humilde e que alcança influência e status pela força de seus méritos e não através de herança. 


A Abadia de Nothanger (1818)

A Abadia de Northanger é considerado um dos trabalhos mais ligeiros e divertidos de Jane Austen. De facto, para além dos ambientes aristocráticos da fina-flor inglesa do século XVIII, encontramos aqui uma certa dose de ironia, sátira e até comentário literário bem-humorado.
Catherine Morland é porventura a mais estúpida das heroínas de Austen. A própria insistência no termo “heroína” ao longo da obra e a constatação recorrente do quão pouco este epíteto se adequa à personagem central fazem parte da carga irónica da história. E se Catherine é ingênua para lá do que seria aceitável, e o seu amado Henry a personificação de todas as virtudes masculinas mais do que seria saudável, a perfídia dos maus da fita - amigos falsos, interesseiros e fúteis – não lhes fica atrás no exagero. Tudo isto seria deveras irritante não fora o tom divertido com que Austen assume ao longo das duas partes que constituem este livro o quão inverosíméis são as suas personagens… 



    Todos os principais livros delas foram adaptados para o cinema, sendo algumas adaptações bem recentes. Destaque para Orgulho e Preconceito, de 2005, com a dupla Joe Wright na direção e Keira Knightley estrelando. É um dos meus filmes preferidos, além do mais, eu amo a Keira. 


    O livro Razão e Sensibilidade também ganhou, em 1995, uma belíssima adaptação com Emma Thompson (nossa querida Profª Trelawney), Alan Rickman (nosso grandioso Profº Snape), Kate Winslet e Hugh Grant. Com sete indicações para o Oscar, o filme venceu na categoria Melhor Roteiro Adaptado, pelo roteiro de Emma Thompson.



    Em 1996, a sempre linda Gwyneth Paltrow estrelou Emma, ao lado de Jeremy Northram, James Cosmo e o brilhante Ewan McGregor. O filme foi indicado a dois Oscar, e venceu em uma categoria.




    Se você ainda não leu Jane Austen, vale a pena ler; principalmente se você gosta do gênero romance. Afinal, ela é a mãe da forma moderna desse gênero. E a eterna mestra.

Fonte das Imagens: Google Imagens
Fonte das Sinopses dos Seis Livros: Skoob e Editora Record
.
por Diego B. Oliveira


37 comentários:

  1. Eu tenho muito orgulho de ter conhecido a literatura dessa mulher tão corajosa. Fala sério, numa sociedade tão machista como a que ela viveu, ser escritora era ir de encontro a tudo. A mulher nasceu e viveu para os livros.
    Tem espíritos que só vem à Terra para cumprir funções específicas. Essa ai era geniosa, nada de casórios e viver bordando. Ela simplesmente criou um estilo "tão feminino" e "tão próximo do real" em termos de literatura.
    Adoro!!!!

    bjus
    terradecarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Diego, adorei seu post!! Não sabia tudo isso sobre a vida da Jane. É incrível pensar no quanto uma pessoa pode continuar sendo tão lembrada e ovacionada mesmo depois de ter morrido há tantos anos. Suas obras se tornaram clássicos. Infelizmente ainda não tive a oportunidade de lê-los, mas um dia pretendo. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  3. Quero muito completar a minha coleção da Jane, só que ainda não li nenhum livro dela, porém vendo o filme Orgulho e Preconceito da pra perceber o quanto a autora escreve bem!
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bom? Espero que sim.

    Primeiro devo dizer que adorei seu blog, sério. Muito legal mesmo. É sempre bom conhecer blogueiros e ler coisas tão legais. Continue assim, ok? Estou seguindo e sempre que der passarei por aqui. Gostei mesmo!

    Sobre o post, só tenho uma coisa pra falar: adorei.

    Ah, também tenho um blog literário. Passa por lá depois. Quem sabe você não gosta do meu espaço? Ficaria agradecido, é claro!

    Deixo o link: http://www.diariodebordodeumleitor.com/
    Um abração,

    Igor Gouveia.

    ResponderExcluir
  5. Oi Diêgo!!

    Adorei o post. Sempre achei o próprio perfil de Jane como um belo tema para um de seus romances... Concordo com você, quem gosta de romance, não pode deixar de ler Jane de forma alguma!

    Abraços!

    Nadja Moreno - Escrev'Arte

    ResponderExcluir
  6. Oi cara, como vai?
    Sempre vejo falarem muito bem dessa escritora, mas nunca li nada dela. kkkkkkkkkkkk
    Quero ler oOrgulho e Preconceito, já que é tão bem visto...
    A adaptação do filme é boa? Estava pensando em assistir o filme primeiro, e depois ler o livro... O que acha?
    Abraço!
    http://leiturasdoedu.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Diego! Nunca li nenhum livro da Jane mas pelo que vi parece ser uma leitura gostosa e tranquila. Vou colocar aqui na lista de livros para ler. Adorei o post, é sempre bom saber mais sobre escritores menos famosos. Acabamos encontrando terousos escondidos!
    Bjs, volte sempre lá no blog! ♥

    http://garotasemdevaneios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Morro de vontade de ler todos os livros
    da Jane Austen...
    tipo
    TODOS, amo livros de epoca *-*

    Beijinhos, Paula
    http://psicosedaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Eu quero muito ler Orgulho e preconceito, amei o post, beijo o/
    sorrisoselivros.com

    ResponderExcluir
  10. Gostei do começo, como assim o espirito dela veio? Como assim? Quero que ela apareça por aqui também em. Eu já li um livro da autora: "Orgulho e Preconceito", a leitura é muito legal e envolvente. Numa trama bem legal, comprei um livro dela recentemente "Razão e Sensibilidade" e pretendo ler em breve! Engraçado não é? Tipo, a autora começou a escrever bem novinha e tal, e até hoje, trilhões de anos depois ela ainda está na "boca" literária.

    Gostei muito do post, gostou da Jane <3

    www.7hings.com.br

    ResponderExcluir
  11. Conheço algumas obras, mais nunca li nenhum livro. Já os filmes assisti alguns e gostei muito da trama, principalmente orgulho e preconceito. Olha Diego, deixei um selinho pra você no meu blog, espero que goste. beijos :*

    http://pequenosviciosdiarios.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá, adorei conhecer mais sobre as obras dessa
    autora. Por mais que ela seja conhecida, só conhecia
    Orgulho e preconceito, que também é filme.
    Adorei,
    bjs

    Love Books

    ResponderExcluir
  13. Oi! Acredita que nunca li nada da Jane Austen? Morro de vontade de ler Orgulho e Preconceito.
    Beijos,

    Letícia
    http://www.odomdaescrita.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Diego, tudo bom?
    Acredita que até hoje nunca li nenhum livro de Jane? Esse ano que comecei realmente me interessar por ela, que ela verdadeiramente me chamou atenção. Mas até hoje estou adiando a compra de um livro dela não sei porque :(
    Espero que eu consiga ler em breve!!
    Abraços,

    http://utopiaincessante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu não conhecia a biografia da autora, apenas o nome. Tipo, acho que todos conhecem a Jane Austen, ela é bem famosa e dizem que os livros dela são muito legais, mas eu nunca li nenhum kk. Tenho vontade de ler algo da Austen um dia... Seu post ficou bem interessante.

    Abraços
    www.entrepaginasdelivros.com/

    ResponderExcluir
  16. Embora eu tenha muita vontade de ler, nunca li. Mas tenho muita vontade. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Verdadeiros clássico que ela escreveu, e através de alguns desses viajei através do tempo...

    Agradeço sua simpática visita em minha casa e vim correndo (rsrs) conhecer a sua, me senti em casa e estou fazendo morada entre seus amigos.

    Espero que juntos possamos trocar grandes informações.
    Beijinhos de luz.
    Lua
    http://www.luasnegra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Ainda não tive oportunidade de ler os livros,em minha opinião devem serem fantásticos,amo livros com romance *-
    Seguindo<3

    http://dienyladyy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Eu só li Orgulho e preconceito e sou apaixonada pelo filme dele *-*
    Tenho mais dois dela mas tive preguiça de ler.
    http://triplobooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oii, obrigada pela visita lá no blog, curti seu cantinho e sucesso to seguindo :)
    Não li nada de Jane ainda, mais morro de vontade e curiosidade
    Um Beijo, Brubs
    Livros de Cabeceira
    @IWannaRuffles

    ResponderExcluir
  21. Bem bacana conhecer mais da Jane Austen e seus livros, ou melhor, preciosidades!
    Confesso que nunca li nada dela, mas todas as resenhas que leio são perfeitas! Resumindo, preciso me policiar e começar a leitura de algum clássico dela! rs

    Abração
    http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/ (passa lá, depois :)

    ResponderExcluir
  22. Oie,
    gente que horror, acho que sou a única que nunca li nada da autora. Acredita?? Mas tenho bastante curiosidade!!!

    Ah você falou sobre parcerias, estou sempre buscando parcerias >D

    bjos

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  23. ainda não li nenhum livro da autora,
    mais orgulho e preconceito está
    na minha lista de compras faz um bom tem.
    Também não assisti o filmes, quero primeiro
    ler o livro.

    abs,
    muchachoonline.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Nossa eu nunca li nada dela, mas pretendo começar com Orgulho e Preconceito xD

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Ela é fantástica e merece todas as homenagens, lembranças e postagens. Adorei o post!

    Parabéns!


    www.universodosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Achei esse seu post muito interessante, dar a conhecer mais da autora é muito bom, por acaso não conhecia sua história de vida e gostei de ler. Parabéns pela bela postagem.

    P.s.:Cada dia eu construía um capítulo novo, resolvi terminar no capítulo V, que publiquei hoje, para não se tornar muito maçadora e cansativa. Obrigada por acompanhar :)
    Bjs

    http://mundodeariel.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  27. Oi Diego, tudo certo?
    Tenho Orgulho & Preconceito mas nunca li, nem nada. Só tenho e meu interesse de ler é bem pequeno, confesso.
    Mas adorei conhecer um pouco a Jane... Também nunca vi nenhum dos seus filmes, acredita? haha
    Vou tomar coragem e ler o livro, tomara que me surpreenda!
    Bjs

    queridosquinze.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Fiquei curiosa, vai pra minha lista de vou ler no Skoob! rs'
    Dê uma olhadinha no meu blog -> http://umarcoirisdeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Taí mais uma autora que eu nunca li. Tenho a impressão de que só eu que nunca li nada dela mas tenho muita vontade. Minhas expectativas sobre os romances dela estão altíssimas e eu espero não me decepcionar.

    Bjs!
    http://prateleiracolorida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Bem legal, li somente Orgulho e Preconceito e confesso que achei a linguagem um pouco difícil, mas a história é muito boa!

    http://diariosdleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. Jane Austen é minha diva literária com certeza , Orgulho e Preconceito é um dos ou o meu livro favorito! Adorei o post *-*

    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. AMO Jane Austen! O jeito com que escreve, com ironia e sem me de ser julgada, me fascina. Além de mostrar a história pelos olhos de uma mulher. Seus personagens exagerados, quase teatrais são cômicos e super apaixonantes. Até agora só li Orgulho e Preconceito, A abadia de Northanger e Lady Susan, mas já assisti a quase todas as adaptações de seus livros para o cinema!
    Uma coisa que acho legal nos livros dela é que em cada um deles nota-se um pouco da história da própria Jane...
    Amei seu post falando sobre essa escritora maravilhosa! Espero ver mais dela aqui!
    Abraços,
    Tai.
    http://bloglivrosecha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Não tem como não amar Jane Austen, a obra dela inteira se resume a pura inteligência e doçura. E cá entre nós, se a Jane (ó a intimidade já rs) tivesse conhecido a Keira Knightley teria mais do que aprovado essa escolha. Parabéns pelo blog!
    Abraços.

    http://meioautista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  34. Oie :)

    Adorei a postagem !!!

    Tenho vários livros da Jane em casa, mas ainda não li nenhum ... Quero ler ano que vem ao menos um, já que este ano estou com uma fila imensa de livros não lidos de parceria ... Adoro as adaptações que foram feitas pro cinema e Emma ainda não vi, mas agora que você deu a dica, vou ver se consigo assisti-lo.

    Beijus

    Renata Sara

    http://amordelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  35. Eu preciso ler alguma coisa dela! Morro de vergonha de dizer que não conheço o trabalho de Jane Austen... :/ Mas coloquei Orgulho e Preconceito no desafio que tenho que cumprir até o fim do ano, então, desse ano não passa!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
  36. Oiii Diego*-* Amei amei, adoro ela ( Estou louca para ler orgulho e preconceito !~
    Beijos Bia
    http://umamadoradepalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  37. Oii... como não amar as obras da Jane Austen?? Eu já li apenas dois dos livros dela, mas pretendo ter todos na minha estante...
    Orgulho e Preconceito é meu favorito... sempre *_*

    beeijos.

    www.minhasegundaface.blogspot.com.br

    ResponderExcluir